Blog do Gutemberg Gomes

DE AMIGO PRÁ AMIGO: DIGA ALÔ COMIGO!!!

MISTÉRIOS DA MPB: MARISA MONTE PODE; TIRIRICA NÃO PODE…

with 3 comments

AH, ESSA MPB… Quando os medalhões da MPB decidem gravar coisas abomináveis –  é alternativo, é genialidade na simplicidade; Quando os Palhaços autênticos gravam coisas meramente risíveis – é imbecilidade, é debilidade mental. Alguém me explica??? E o duro é que sempre há os que defendem quando os medalhões gravam coisas absolutamente imbecis. E ainda justificam com aquele linguajar abominável de músico frustrado que geralmente caracteriza o que dizem os ´´críticos´´. Veja algo que achei aqui em relação à musiquinha (Melô da Jujuba) da Marisa Monte:

´´Até na hora de fazer algo mais na linha comercial, Marisa sabe caprichar. Ela consegue fazer algo pop sem ser brega ou ridícula, com uma certa elegância própria. Os arranjos podem ser mais básicos, sem nenhuma surpresa, mas são de bom gosto e levam a marca registrada da cantora. Agrada a gregos e troianos. Mesmo sendo uma música non sense, não cai na linha das grandes firula tocadas por aí. Acho que assim, o público menos esclarecido pode chegar a conhecer algo melhor, içado por uma linha mais atraente e mais light de quem sabe fazer algo de qualidade. Ela não perdeu o senso e muito menos a qualidade.´´

Não dá uma certa ânsia de vômito ler isso? E refere-se a essa bobagem perpetrada pela Marisa Monte:

Jujuba, bananada, pipoca…
Cocada, queijadinha, sorvete
Chiclete, sundae de chocolate
uhhhhhhhhhh

Paçoca, mariola, quindim…
Frumelo, doce de abóbora com côco
Bala Juquinha, Algodão doce, manjar

Venha pra cá, venha comigo
A hora é pra já, não é proibido                                  Tiririca_Florentina
Vou te contar, tá divertido
Pode chegaaar

Vai ser nesse fim-de-semana
Manda um e-mail para a Joana vir
uooonnn uhhhh
Não precisa tocar bacana
Fala para o Peixoto chegar aí
Traz todo mundo
Tá liberado
É só chegar
Traz toda gente
Tá convidado
Para dançar…

Que alguém queira defender dizendo que a Marisa Monte tem todo o direito de gravar uma música absolutamente imbecil, eu concordo, mas não queiram ver genialidade onde ela não existe. Caetano Veloso vive gravando coisas imbecis nos últimos tempos (quando quer fazer sucesso de verdade, precisa recorrer ao Peninha ou Fernando Mendes) mas seu Status de Medalhão da MPB não permite que ninguém o acuse de tentar tirar o espaço do Tiririca ou do Latino nas rádios.

Fica aqui a minha sugestão: Tiririca, regrave o ´´Não é proibido´´ e volte a ser a alegria das crianças nas festinhas de aniversário em todo Brasil. Com a gravação da Marisa Monte, os pais podem se envolver num debate sociológico/filosófico/dietético/calórico/musical – e aborrecer os circunstantes…

Anúncios

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Olá, Gutemberg!
    Realmente, endosso a sua opinião sobre a imparcialidade com que os críticos veem o trabalho de nossos artistas.
    Sempre admirei a Marisa Monte, suas composições, sua voz, interpretação, mas essa aí extrapolou a falta de criatividade…
    Lembremos a música “Você não me esqueceu a te esquecer” que era rotulada “brega” até o Caetano gravar. Aí foi escolhida tema de filme e caiu no gosto das pessoas consideradas “mais esclarecidas” de gosto mais “requintado”.
    E ainda dizem que não há discriminação, preconceito em nosso Brasil…francamente…

    ORLY DE OLIVEIRA

    16/10/2009 at 08:03

  2. Olá, Gutemberg!
    Realmente, endosso a sua opinião sobre a parcialidade com que os críticos veem o trabalho de nossos artistas.
    Sempre admirei a Marisa Monte, suas composições, sua voz, interpretação, mas essa aí extrapolou a falta de criatividade…
    Lembremos a música “Você não me esqueceu a te esquecer” que era rotulada “brega” até o Caetano gravar. Aí foi escolhida tema de filme e caiu no gosto das pessoas consideradas “mais esclarecidas” de gosto mais “requintado”.
    E ainda dizem que não há discriminação, preconceito em nosso Brasil…francamente…

    ORLY DE OLIVEIRA

    16/10/2009 at 09:42

  3. Bom dia, Gutemberg!
    Peço-lhe desculpas, por ter empolgado e escrito algumas coisas meio esquisitas em meu comentário. Empolguei, ao estar “inaugurando” minha participação em seu blog…rs
    Primeiro, a mídia não se apresenta com imparcialidade e sim com parcialidade,né? São dois pesos e não sei quantas medidas…a música a que me refiro é “Vc não me ensinou a te esquecer” e não como escrevi…rs
    Se tiver jeito, corrige pra mim, ou me ensina a excluir e escrever direito?
    Grata,
    Um grande abraço,
    Sua admiradora e Fãzoca de sempre,
    Orly

    ORLY DE OLIVEIRA

    16/10/2009 at 09:49


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: